Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Trânsito

PERIGO NO TRÂNSITO

Galhos de árvores encobrem semáforos e placas em Belém; veja o trânsito agora!

quarta-feira, 26/08/2020, 07:29 - Atualizado em 26/08/2020, 07:34 - Autor: Diário do Pará


Vegetais sem cuidados dificultam visualização e trazem riscos de acidentes.
Vegetais sem cuidados dificultam visualização e trazem riscos de acidentes. | Fernando Araújo/Diário do Pará

Em plena “Cidade das Mangueiras”, muitas árvores de Belém estão trazendo riscos aos motoristas da capital, pois estão sem cuidados e chegam a dificultar a visualização de semáforos e placas de sinalização por conta dos galhos e ervas daninhas que encobrem os sinais de trânsito.

Em alguns cruzamentos, a visão dos semáforos pelos condutores fica parcialmente comprometida. No canto das avenidas Governador José Malcher e Alcindo Cacela, por exemplo, o motorista só consegue visualizar a cor do semáforo ao aproximar-se alguns metros do mesmo. Quando o trânsito se torna intenso, a proximidade dos veículos dificulta ainda mais a visão dos motoristas.

Alguns deles reclamam que a poda das árvores deveria ser mais efetiva. “Deveriam cortar os galhos com maior frequência. O motorista precisa ver se o sinal está aberto ou fechado desde lá atrás”, reclama um rodoviário.

ACOMPANHE AQUI O TRÂNSITO AGORA pelas câmeras da Segup e o aplicativo de trânsito, o WAZE!

Leia mais:

Revolta e depredação: usuários quebram ônibus na estrada de Outeiro; veja o vídeo!

Eleições devem provocar poucas mudanças na Alepa

O mesmo problema pode ser visto em outro cruzamento, na travessa Domingos Marreiros com avenida Alcindo Cacela, o motorista também é surpreendido com as luzes do semáforo a poucos metros de distância, por conta dos galhos que atravessam a pista. Já na José Malcher com Generalíssimo Deodoro, é a placa de aviso sobre o radar eletrônico que fica encoberta, gerando riscos de multas e acidentes no local.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS