Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

FLAGRANTE

Homens embriagados são presos no interior do Pará

segunda-feira, 21/09/2020, 10:41 - Atualizado em 21/09/2020, 10:41 - Autor: Com informações da PRF


Dois homens foram presos em Santarém e em Marabá, após serem flagrados dirigindo embriagados.
Dois homens foram presos em Santarém e em Marabá, após serem flagrados dirigindo embriagados. | PRF/Divulgação

Dois homens foram presos, no último final de semana, durante fiscalizações realizadas por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os flagrantes ocorreram nos municípios de Santarém e Marabá, no interior do Pará. 

Acidente entre bicicleta e moto deixa quatro feridos na avenida Independência

No primeiro, o condutor foi submetido ao teste de alcoolemia durante fiscalização dos agentes federais na BR-163. O resultado obtido pelo teste foi de 0,48 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Moradores interditam avenida Independência em protesto; trânsito congestionado

Já o segundo motorista foi preso após os policiais serem acionados para atender um acidente por volta das 21h envolvendo uma motocicleta Honda Biz  na BR-230, Km 115, município de Marabá/PA. Chegando ao local, a equipe iniciou os procedimentos de segurança  para proteger as vítimas e os demais motoristas que trafegavam na via e submeteu o condutor ao teste de etilômetro obtendo o resultado de 0.53mg/L. Segundo a PRF, neste acidente, a esposa do motociclista que conduzia o veículo embriagado, ficou gravemente ferida. 

PENALIDADE

De acordo com a PRF, os dois motoristas receberam voz de prisão com base no artigo 306 do CTB que diz: "conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência", cujas penas podem chegar a detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS