Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

DESESPERO

Paraense que mora na Itália fala sobre coronavírus: 'minha filha chora sem parar'; assista!

quarta-feira, 26/02/2020, 20:41 - Atualizado em 26/02/2020, 20:39 - Autor: Julyanne Forte


| Reprodução

Isolado na região Norte da Itália, uma das mais afetadas pelo Coronavírus, o paraense José Bruno Pinheiro disse em entrevista ao DOL como está a situação da cidade de Milão, onde reside com a esposa e mais duas filhas, uma de 6 anos e outra de 6 meses.

"Nesse momento, eu e a minha família estamos isolados em casa, até a situação melhorar por aqui", disse o paraense. "A escola está fechada por decreto desde segunda até segunda ordem. Só eu estou saindo de casa, só em caso de extrema necessidade", relata Bruno. A mãe e uma tia do paraense também moram na cidade, mas em outra casa.

Bruno fala que a filha de 6 anos chora sem parar por medo de ser contaminada. "Ela está super agitada e sem entender", disse. Além disso, conta que a situação está bem tensa e que, apesar de algumas pessoas acharem que a doença só atinge idosos, a maioria está extremamente preocupada e, por isso, esvaziam as prateleiras dos supermercados para estocar alimentos em casa.

"Sou empresário e lido com conexões entre europeus, árabes e brasileiros", conta Bruno, que teve voos para Dubai e Rio de Janeiro cancelados essa semana. "Agora o que queremos mesmo é estar em nossa terra e ficar tranquilos", afirmou Bruno.

O paraense diz que não só as escolas, mas também feiras, cinemas, exposições, entre outros, estão fechados e que bares e discotecas funcionam só até às 18h. "Por sorte, nós conseguimos fazer uma dispensa por uns dois, três meses, em casa. A gente nunca sabe o que pode acontecer. Eu tenho certeza que o governo está fazendo o possível para colaborar e melhorar a situação, mas...", diz Bruno. O paraense e a esposa são naturais de Belém e, há 23 anos, moram fora do Brasil.

Veja o vídeo do relato de Bruno:

 

Leia também:

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS