Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Esporte / Mundo

¡ADIÓS, MANO DE D10S!

Diego Maradona morre aos 60 anos na Argentina

Maradona estava em sua casa, em Tigre, onde se recuperava de problemas de saúde pelos quais passou nas últimas semanas.

quarta-feira, 25/11/2020, 13:26 - Atualizado em 25/11/2020, 14:04 - Autor: Enderson Oliveira


| Reprodução

Uma das maiores e mais controversas histórias do futebol chegou ao fim. Na manhã desta quarta-feira (25), o ex-jogador argentino Diego Maradona morreu nesta manhã, aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória, segundo o portal Clarín, o maior jornal argentino.

Em um texto bastante emotivo e reflexivo, o jornalista Mariano Verrina informou que "E um dia aconteceu. Um dia o inevitável aconteceu. É um tapa emocional e nacional. Um golpe que reverbera em todas as latitudes. Um impacto mundial. Uma notícia que marca uma dobradiça na história. A frase que foi escrita várias vezes mas que foi driblada pelo destino agora faz parte da triste realidade: Diego Armando Maradona morreu".

Ainda de acordo com o portal argentino, Maradona estava em sua casa, em Tigre, onde se recuperava de problemas de saúde pelos quais passou nas últimas semanas.

O "Diós" (Deus) ou "D10S", como muitas vezes foi chamado, referência ao número que usava nos clubes em que passou e na seleção argentina, deixa cinco filhos "oficiais" e mais três a serem "confirmados" em Cuba.

Reprodução
 

Maior atleta da história da Argentina, "El Pibe" iniciou sua carreira no Argentinos Juniors, mas foi no Boca Juniors, no Napoli (onde se tornou grande amigo do atacante Careca) e no Barcelona que se consagrou, além, é claro, de ter ganho a Copa do Mundo de 1986, no México.

Por onde passou, levantou taças e também foi artilheiro, além de se envolver em inúmeras polêmicas. Em 1994, foi retirado de campo na partida contra a Nigéria por ter sido pego no exame antidoping.

Ídolo gigantesco, Maradona desde 1988 já era tema de uma seita, a Igreja Maradoniana, que cultuava o “D10S” e que deve ganhar mais adeptos ainda a partir de agora.

Como técnico, Maradona não teve uma carreira tão brilhante. Seu melhor resultado foi a campanha de 2010 da Argentina, eliminada nas quartas-de-final.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS