Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
MÚSICA

Lia Sophia e Felipe Cordeiro se apresentam no último dia de Pará Live

quinta-feira, 27/08/2020, 16:23 - Atualizado em 27/08/2020, 18:03 - Autor: Com informações da assessoria


| Reprodução/Instagram

Depois de mais de 14 mil visualizações e 34 mil pessoas alcançadas em três programas de Pará Live, Lia Sophia e Felipe Cordeiro apresentam para o público um mash up da tropicalidade da música latina com o melhor do pop produzido no Estado. “Meu show será para cima, para todo mundo dançar comigo, mesmo que seja em casa”, promete Lia, que abre a noite de transmissão, às 19h30.

A cantora, instrumentista e compositora mistura ritmos como o carimbó e a guitarrada com batidas internacionais como o zouk e a música pop, para criar uma música tropical e dançante. "Uma prazer participar de um projeto que reuniu tantos talentos paraenses, mostrando a diversidade da música produzida na Amazônia. O Pará Live é um palco importante para todos nós nesse momento”, concluiu a artista.

Filho de Manoel Cordeiro, Felipe carrega no sangue o beat latino, e brinca com a pegada contagiante da guitarrada. Sucesso dentro e fora do Pará, no Brasil e no mundo, ele promete animar a noite de quinta com alguns de seus principais hits, como “Legal e Ilegal” e “Ela é tarja preta”.

“Quando você reúne artistas, você move a economia da cultura, que está bastante prejudicada com essa situação toda. Além disso, é uma honra como artista participar do Pará Live, ter contato com artistas maravilhosos, com o público paraense, que eu estou com muita saudade. Então, para mim, é também matar um pouco da saudade de estar junto com o povo online, que é a maneira que a gente pode agora”, finaliza Felipe.

O melhor do instrumental paraense vai marcar a terceira noite de Pará Live, com Nego Nelson e Manoel Cordeiro, nesta quinta-feira (20), que se apresentam de 19h30 às 22h nas redes sociais da Equatorial Energia Pará. Os músicos, consagrados no Estado por sua trajetória fundamental para o fortalecimento do som produzido em território paraense, dividem com o público um novo momento para a classe artística, de estreitamento de laços em ambiente virtual, visto que shows e eventos estão suspensos devido à Covid-19.

Para a idealizadora do evento, Lany Cavallero, o Pará Live vem como uma importante ferramenta de fomento à produção artística em um momento que os artistas e demais profissionais envolvidos nas produções culturais estão sem trabalho. “Nesse sentido, só temos a agradecer à Equatorial pelo patrocínio através da Lei Semear, Fundação Cultural do Pará e o Governo do Estado, sem os quais essa iniciativa não seria possível. A oportunidade de estimular a cadeia produtiva da música e do audiovisual do Pará é agora”, ressalta.

O Presidente da Equatorial Pará, Marcos Almeida, comemora o sucesso do evento virtual. “Nós estamos muito felizes em saber que levamos entretenimento para milhares de pessoas em suas casas. O projeto veio para ajudar os artistas que foram impactados pela pandemia, divertir e entreter as pessoas nesse momento tão delicado pelo qual nós passamos. E com esses grandes artistas que estão participando do festival, temos certeza de que a diversão está sendo garantida”, diz Marcos.

O programa Pará Live apresentou, nos dias 6, 13 e 20 de agosto, respectivamente, os gêneros musicais Música Popular Paraense, com Pedrinho Cavallero e Maria Lídia; Brega, com Wanderley Andrade e Rebecca Lindsay; e Instrumental, com Nego Nelson e Manoel Cordeiro.

Serviço:

Pará Live

Horário: 19h30 às 22h

Local: Canais do Youtube e Facebook da Equatorial Pará

Atrações: 27 de agosto – Lia Sophia e o Felipe Cordeiro

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS