Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
JUSTIÇA

Mirella processa Record mesmo no ar em A Fazenda

domingo, 20/09/2020, 08:08 - Atualizado em 20/09/2020, 08:49 - Autor: Com informações de Notícias da TV


MC Mirella processou a Record uma semana antes de entrar em A Fazenda 12.
MC Mirella processou a Record uma semana antes de entrar em A Fazenda 12. | Reprodução/Instagram

Uma semana antes de entrar em A Fazenda 12, MC Mirella processou a Record. A funkeira pede na Justiça que o portal de notícias da emissora retire do ar uma sequência de textos publicados em abril de 2019, que relacionam seu nome às práticas criminosas de aliciamento de menores para prostituição e também tráfico internacional de crianças e adolescentes.

Festa teve beijo na boca, brigas e surto de Jojo Todynho

Mirella entrou no confinamento do reality show da Record em 22 de agosto. Embora o programa tenha estreado somente em 8 de setembro, ela precisou ficar isolada em um hotel para conseguir seu atestado negativo para novo coronavírus, uma das regras para participar definitivamente na competição.

MC Mirella posa de lingerie, internauta elogia partes íntimas e fãs pedem  respeito | Revista EmFoco Digital - Notícias

No documento lavrado em 31 de agosto, a defesa de Mirella pede apenas a imediata remoção dos links e nenhuma compensação financeira. Seu único objetivo é remover rapidamente os textos da internet, a fim de conter os danos à sua imagem.

Jojo Todynho ameaça chamar a polícia em A Fazenda

Mirella pediu tutela de urgência, para que a Justiça desse celeridade ao processo e notificasse o quanto antes a Record. Mas sua requisição foi recusada, e os links das notícias que a associam aos crimes contra menores seguem disponíveis.

Record esconde cenas de A Fazenda 12 e internautas se revoltam

Jojo Todynho e MC Mirella brigam por causa de descarga em A Fazenda 12 -  Folha PE

A segunda derrota de Mirella foi a rejeição ao pedido de que o processo corresse sob segredo de Justiça. Ele permanece disponível para consulta.

Além da Record, a defesa da funkeira incluiu em seu processo o SBT, o Infoglobo (braço da Globo responsável por jornais, revistas e sites de notícias), os portais UOL e Terra, e os sites Catraca Livre e Jovem Pan. À Justiça, ela também pede que todas as empresas arquem com suas custas processuais.

MC Mirella gera polêmica ao mostrar tatuagens ousadas

As cartas notificando todas as empresas citadas sobre o processo foram expedidas nessa sexta-feira (18). Até a conclusão deste texto, o sistema do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo não apontava o recebimento por parte das rés.

MC Mirella posta clique ousado de fio dental e choca seguidores; foto -  Notícias MS - Mais do que você imagina!

Escândalo

Reportagens publicadas em abril de 2019 apontavam que Mirella administrava um perfil paralelo à sua conta oficial no Instagram exclusivamente para atrair menores de idade. Na página, ela teria conversado com adolescentes e tentado convencê-las a sair com homens adultos mediante pagamentos.

Em prints que proliferaram na web, a conta atribuída a ela tinha uma conversa com uma garota de 17 anos. Na troca de mensagens, a funkeira teria oferecido R$ 5 mil à adolescente para passar um fim de semana com um amigo dela, que foi identificado apenas como um empresário do Paraguai.

Na época, o Ministério Público Federal foi acionado para investigar o caso, mas Mirella nunca foi acionada para prestar qualquer tipo de depoimento. 

Dias antes de entrar em A Fazenda 12, ela participou do programa Pânico, da rádio Jovem Pan, e afirmou que nunca entendeu como seu nome foi envolvido neste escândalo.

"Se fosse real esse assunto, Deus e as autoridades já teriam encaminhado de tratar isso. Nem eu sei o que aconteceu, ninguém quis me escutar e eu fiquei muito mal por isso. Minha avó quase teve um treco. Ela me ligou passando mal e foi parar no hospital. Resumindo, é um assunto que não é verdade", afirmou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS