Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Concursos / Estaduais

EXPECTATIVA

Polícia Civil ofertará 1.495 vagas com salários de até R$ 12.250

O novo concurso contará com postos para os cargos de investigador, escrivão, papiloscopista e delegado, todos com exigência de nível superior

sábado, 11/07/2020, 07:34 - Atualizado em 11/07/2020, 10:29 - Autor: JC Concursos


Expectativa é de que o edital de abertura de inscrições seja publicado até o final de novembro
Expectativa é de que o edital de abertura de inscrições seja publicado até o final de novembro | Wagner Almeida

Avança o processo licitatório para a escolha da banca para o novo concurso da Polícia Civil do Pará. Foi publicado ontem, no Diário Oficial, o resultado da primeira fase do processo licitatório. Todas as seis bancas participantes conseguiram parecer favorável nesta primeira avaliação e continuam concorrendo. O nome da vencedora deve ser anunciado no decorrer das próximas semanas. A expectativa é de que o edital de abertura de inscrições seja publicado até o final de novembro.

As seis empresas que seguem na disputa são as seguintes: Cebraspe, Cetap, Instituto Iades, Fadesp, Instituto AOCP e Consulplan. Novas informações devem ser anunciadas em breve.

Trabalhadores do Mercado de São Brás temem pelo futuro

Governo do Estado investe R$ 33 milhões na PA-140

O concurso

A seleção contará com uma oferta de 1.495 vagas, em diversos cargos. Do total de postos, 265 serão para o cargo de delegado, 252 para escrivão, 818 para investigador e 160 para papiloscopista. Para todos os cargos é exigida formação de nível superior, com remunerações básicas iniciais, de acordo com os últimos concursos, de R$ 5.204,05 para investigador, escrivão e papiloscopista e R$ 12.250 para delegado. De acordo com o projeto básico, divulgado para a escolha da banca, as taxas deverão ser de, no máximo, R$ 182,95 para o cargo de delegado e R$ 148,68 para as demais funções.

A expectativa do órgão é de que o concurso conte com um total de 42.183 inscritos, sendo 14.519 para delegado, 18.205 para investigador, 7.709 para escrivão e 1.750 para papiloscopista.

As provas

O concurso terá seis etapas, incluindo provas escritas, avaliação oral, teste de capacidade física, exames médicos, avaliação psicológica e investigação social. Os aprovados participarão da segunda fase, com curso de formação profissional.

PM: edital com 2,4 mil postos deve sair no 2º semestre

O concurso da PM PA (Polícia Militar do Pará) teve mais um avanço. Acontece que foi publicado ontem, no Diário Oficial do Estado, o resultado da fase de habilitação do processo licitatório para a escolha da banca organizadora. Todas as seis empresas que apresentaram propostas receberam aval positivo e continuam na disputa. O edital de abertura de inscrições será publicado ainda no segundo semestre. A data específica somente poderá ser confirmada após a oficialização do nome da empresa escolhida. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

As seis empresas que participam do processo licitatório são as seguintes: Cebraspe, Cetap, Instituto AOCP, Consulplan, Instituto Iades e Fadesp.

Carreiras

De acordo com as informações do governador Helder Barbalho, a oferta inicial será de 2.469 vagas. Informações preliminares indicam que a seleção será para as carreiras de praça, oficiais, praça auxiliar de saúde, praça música e oficiais de saúde. No caso de praças será necessário possuir ensino médio, enquanto que para oficiais será exigido nível superior, com remunerações iniciais que devem ser de R$ 2.936,80 para praças e R$ 5.937,36 para oficiais.

Segundo informações do projeto do concurso, no caso de praças, os interessados devem possuir idade de 18 a 30 anos, com altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres. Para oficiais, o concurso deve contar com limite de idade de 35 anos, também com altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres. A expectativa do órgão é de que o concurso conte com até 102.695 candidatos, sendo 88.060 para praças e 14.635 para oficiais.

Provas

De acordo com o projeto básico da licitação, os candidatos poderão ser avaliados por meio de cinco fases, incluindo provas objetivas e discursivas, avaliação de saúde, testes de aptidão física, avaliação psicológica e investigação de antecedentes criminais.

A aplicação das provas poderá ocorrer nas cidades de Belém, Marabá, Santarém, Altamira, Redenção e Itaituba.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS